Prêmios Discentes

Concurso de Teses e Dissertações da Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI) - 2021

Bruno Huberman, com o trabalho “A colonização neoliberal de Jerusalém após Oslo: desenvolvimento, pacificação e resistência em Palestina/Israel”, foi agraciado como a melhor Tese de Doutorado (sob orientação do Prof. Dr. Reginaldo Mattar Nasser).

Concurso de Teses e Dissertações da Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI) - 2017

Matheus de Oliveira Pereira, com o trabalho “Controle e Autonomia nas gestões Kirchner e Fernández de Kirchner (2003-2011): a Argentina na construção do Conselho de Defesa Sul-Americano”, foi agraciado como a melhor Dissertação de Mestrado (sob orientação do Prof. Dr. Luis Fernando Ayerbe).

 

​Prêmio CAPES de Tese - 2016

Fernando Santomauro, com o trabalho “A United States Information Agency e sua ação no Brasil de 1953 a 1964”, foi agraciado como a melhor Tese de Doutorado na área de Ciência Política e Relações Internacionais pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (sob orientação do Prof. Dr. Clodoaldo Bueno).

Concurso de Teses e Dissertações da Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI) - 2016

Priscila Villela, com o trabalho “As dimensões internacionais das políticas brasileiras de combate ao tráfico de drogas na década de 1990”, foi agraciada como a melhor Dissertação de Mestrado (sob orientação do Prof. Dr. Paulo José dos Reis Pereira).

Concurso de Teses e Dissertações da Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI) - 2015

Bárbara Vasconcellos de Carvalho Motta, com o trabalho “Securitização e política de exceção: o excepcionalismo internacionalista norte-americano na Segunda Guerra do Iraque”, foi agraciada como a melhor Dissertação de Mestrado (sob orientação do Prof. Dr. Samuel Alves Soares).