Temas de Segurança Internacional

Ementa:

O curso examinará algumas das dinâmicas da violência organizada contemporânea designadas como “novas” guerras. Ainda que cunhado por acadêmicos no início dos anos 2000, o termo se disseminou rapidamente em círculos políticos e também entre os grupos da sociedade civil organizada, tornando-se uma importante referência em diversos contextos de intervenção internacional. O curso prevê uma reflexão que debata os estudos de segurança a respeito do tema, além dos de economia política e teoria política. Neste percurso, analisaremos o papel da globalização e das “novas” tecnologias nas dinâmicas de violência recentes, seus impactos nas instituições estatais, bem como a função dos grupos domésticos e internacionais na manutenção ou resolução dos conflitos. Será feito também o contrapondo a tais abordagens, a partir de uma perspectiva sociológica sobre a violência e a guerra. O intuito é compreender se realmente presenciamos um momento de profunda transformação ou somente “novas” roupagens de uma mesma dinâmica. Por fim, a proposta é avaliar a pertinência dos conceitos e métodos deste conjunto de referências para uma melhor avaliação das formas de violência que ocorrem nos países da América Latina e, principalmente, nas suas cidades, avaliadas atualmente como um importante lócus das discussões sobre segurança. OBJETIVOS Conferir ao estudante a capacidade de compreender e avaliar criticamente as dinâmicas de conflito e violências designadas como “novas” guerras; possibilitar a identificação de diferentes variáveis que impactam estes processos; analisar criticamente a literatura das “novas” guerras; propor avaliações sobre tais dinâmicas de conflito e violência na América Latina e no Brasil; incentivar a reflexão sobre as dissertações e teses dos estudantes a partir da literatura e casos trazidos pela disciplina.

Bibliografia:

Andreas, Peter; Price, Richard. (2001) From War Fighting to Crime Fighting: transforming the American national Security State. International Studies Review 3, nº3 (Fall):31-52.

Bauman, Zygmunt. (2001) Wars of the globalization era. European Journal of Social Theory, 4(1):11-28.

Buzan, Barry; Waever, Ole; WILDE, Jaap de. (1998) Security Analysis: conceptual apparatus. In: Security: A new framework for analysis. Colorado: Lynne Rienner Publishers, pp. 21-48.

Clastres, Pierre. (1974) A sociedade contra o Estado.

Collier, Paul. (2000) Doing Well out of War: An Economic Perspective. In: Malone; Bernal (eds.). Greed & Grievance. Lynne Rienner Publishers, Inc.: London, pp.91-112.

Collins, Randall. (1974) Three Faces of Cruelty: Towards a Comparative Sociology of Violence. Theory and Society, 1, pp. 415-440.

Duffield, Mark. (2001) Non-Liberal Political Complexes and the New Wars. Global Governance and new wars. London: Zed Books, pp.161-201. Galtung, Johan. (1969) Violence, Peace and Peace Research. Journal of Peace Research, 6(3), pp. 167-191.

Graham, Stephen. (2010) Cities Under Siege: The New Military Urbanism. London: Verso, pp. xi-xxx.

Graham, Stephen. (2013) Foucault’s boomerang: the new military urbanism. Open Democracy, 14/02/2013.

Gray, Chris. (1997) Introduction: From Sarajevo to Sarajevo, the USS Oklahoma to Oklahoma City. In: Gray, Chris. Postmodern war the new politics of conflict. The Guilford Press New York London, pp.1-10.

Halliday, Fred. (1999) O Estado e a Sociedade nas Relações internacionais. In: Repensando as Relações Internacionais. Porto Alegre: Ed. UFRGS, pp.87-105.

Harbom, Lotta, and Peter Wallensteen. (2005) Armed Conflict and Its International Dimensions 1946–2004. Journal of Peace Research 42(5): 623–635.

Kaldor, Mary. (2001) New and Old Wars: organized violence in a Global Era. Stanford: Stanford University Press, pp. 1-12; 150-177.

Kaldor. (2013) “In Defence of New Wars”. Stability: International Journal of Security and Development, v. 2, n. 1, 2013.

Keen, David. (2007) Sistemas de guerra: local y global. Revista Académica de Relaciones Internacionales, Núm. 6 Abril, UAM-AEDRI.

Keegan, John. (2006) Uma história da Guerra. São Paulo: Companhia das Letras, pp.12-30.

Malesevic, Sinisa. (2008) The Sociology of New Wars? Assessing the Causes and Objectives of Contemporary Violent Conflicts. International Political Sociology 2, 97–112.

Malesevic, Sinisa. (2010) Social stratification, warfare and violence. In: Malesevic, Sinisa. The Sociology of war and Violence. Cambridge University Press, pp.237-274.

Malesevic, Sinisa. (2010) Collective violence and sociological theory. The Sociology of war and Violence. Cambridge University Press, 2010, pp.17-85.

Munkler, Herfried. (2005) Introducción; Que tiene de nuevo las nuevas guerras? In: Viejas y Nuevas guerras: asimetria y privatización de La violência. Madrid: Siglo XXI, pp. 1-41.

Nasser, R. M. (2012) As Cidades e as Novíssimas Guerras: A Militarização do Espaço Urbano. In: Silva Filho; Fracalossi de Moraes. (Org.). Defesa Nacional para o Século XXI: Política Internacional, Estratégia, e Tecnologia Militar. 1ed. Rio de Janeiro: IPEA., v. 1, p. 271-295.

Newman, Edward. (2004) The ‘New Wars’ Debate: A Historical Perspective Is Needed. Security Dialogue vol. 35, no. 2, June.

Nogueira, João Pontes. (2014) From fragile states to fragile cities: redefining spaces of humanitarian practices. Hasow Discussion Paper 12, October.

Sala, Gauto, Alvarez. A contribuição de David Garland: a sociologia da punição. Tempo Social, Revista de sociologia da USP, v. 18, n. 1.

Shaw. Martin. (2002) Risk-Transfer Militarism, Small Massacres and the Historic Legitimacy of War. International Relations, Vol 16(3): 343–359. Jung, Dietrich. (2003) A political economy of intra-state war: confronting a paradox. In. Jung, Dietrich (ed.) Shadow Globalization, Ethnic Conflicts and New Wars: A political economy of intra-state war. New York: Routledge, pp.9-26.

Jütersonke; Muggah; Rodgers. (2009) Gangs, urban violence, and security interventions in Central America. Security dialogue, 40 (4-5). pp. 373-397.

Richmond, O. P. (2005) The Transformation of Peace. Basingstoke: MacMillan. Rothschild, Emma. (1995) What is Security? Daedalus. Vol. 124, nº3, Summer.

Rodgers, Dennis. (2009) Slum wars of the 21st century: Gangs, Mano Dura, and the new urban geography of conflict in Central America. Development and change, 40 (5). pp. 949-976.

Sassen, Saskia. (2012) When Cities Become Extreme Sites For Our Major Challenges. Shaw, Martin. (2001) “New wars of the city: urbicide and genocide”. Disponível em: . Último acesso em: 26 de julho de 2015.

Singer, P. (2001) Corporate Warriors: the rise and Ramifications os the privatized Military Industry. International Security, Vol.26, nº3, winter, pp. 186-220.

Tilly, Charles. (2003) The politics of Collective Violence. Cambridge: Cambridge University Press.

LOCALIZAÇÃO

Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas

UNESP - UNICAMP - PUC-SP
Praça da Sé, 108 - 3º Andar - Sé - São Paulo - SP - CEP: 01001-900
Telefone: (11) 3116-1770 / (11) 3116-1780 

E-mail: relinter@unesp.br

© 2020 San Tiago Dantas